Reeducando um estômago e uma mente viciados.

Atualizado: 12 de Abr de 2019

#HistóriasdeSuperação

Por Nandão Nunes

#NandãoNunes

Fala galera! Voltei! Como prometido, de 15 em 15 dias farei uma postagem sobre essa nova fase de nossas vidas.

Hoje vou contar os primeiros desafios sobre a alimentação. Não tem sido nada fácil reeducar um estômago e principalmente uma mente viciada.

Como já disse no post anterior, as mudanças começaram gradativas. Até a primeira consulta com a nutri foram 6 meses. Por isso, acredito que ao me deparar com as orientações não tive maiores problemas de adaptação.

O primeiro mês foi de alguns testes, mas nada muito radical. Não entrarei em maiores detalhes de alimentação porque o intuito não é e nunca será de passar dieta para ninguém. Minha intenção é apenas incentivar e motivar outros a darem o primeiro passo. Busque ajuda profissional!


Voltando... O primeiro mês foi experimental. Diminuimos muito o arroz e o feijão, balanceamos os legumes, aumentamos as frutas e saladas verdes, testamos trocar a janta por um lanchinho, o que ao meu ver deu super certo.

Basicamente, a alimentação do primeiro mês foi:

1. vitamina (leite desnatado, frutas e linhaça dourada) de café da manhã, 2. fruta no meio da manhã, 3. almoço (única refeição maior do dia), 4. corpus com linhaça dourada a tarde, 5. lanche com alguma proteína no início da noite (optei quase todo dia pelo rap 10, mas tinham variações) 6. Detox de maçã, limão, gengibre e couve antes de dormir. Sempre com porções menores mas comendo o dia inteiro.

Algumas dicas me ajudaram: cortamos o açúcar (passei a usar sucralose e me adaptei de forma bem tranquila), não bebo mais junto com as refeições e evito suco de laranja. A preferência são por sucos menos calóricos, como maracujá, manga, goiaba, abacaxi, água de coco.




No segundo mês os testes continuaram


Cortamos o arroz e a farinha de trigo 😱. Busquei algumas receitas e algumas trocas, como brócolis, couve flor e etc. O feijão virou tempero da salada (kkk). A farinha de linhaça deu lugar a um mix de farinhas (farinha de linhaça dourada, chia e farelo de aveia).


Passei a notar que essa nova alimentação me fez sentir muito melhor! Mesmo sem ainda ter eliminado muitos quilos, notei uma grande diferença em minha disposição para as tarefas diárias.

Ah! O detox é simplesmente maravilhoso... testem!

No quarto mês...


Em dezembro, o lanche da noite deu lugar ao Whey protein, junto com a academia (que será assunto para outro dia).

Você quer saber se tive algumas recaidas? Lógico que sim! Principamente nos primeiros meses: os inícios de noite foram tenebrosos. Não sentia fome, mas tinha vontade de comer tudo quanto é besteira. Como eu disse: reeducar o estômago é dificil, mas reeducar a mente é muito mais. Quando isso acontecer com você, lembre-se que recomeçar nunca é vergonha!

Tente apenas por hoje, só mais um dia!!!

Algumas coisas me ajudaram a dizer não.


Já tinha cortado as grandes redes de fast food da minha vida, pois percebi que ao passar em frente a essas lojas, eu entrava. Estava viciado!


Antes eu utilizava aplicativos de lanches e pedidos por telefone. Não fazemos isso com tanta frequência, já nas grandes redes de fast food, se bobear, é todo dia, porque o apelo emocional da propaganda é muito forte.


Após iniciar a nova alimentação, exclui também os aplicativos de lanche e apaguei os números de telefones das lanchonetes de meu celular. Dificulte ao máximo as recaidas, mesmo sabendo que elas acontecerão, torne-as cada vez menos frequentes!


Outra coisa que busquei foram novos ares. Programações que me estimulavam a comer ao final foram ficando cada vez menos frequentes. Troquei o shopping pela praia a noite, por exemplo, e o restaurante rodízio, pelo passeio na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Parque Laje e por ai vai.



Crie pequenos objetivos fáceis de cumprir!


Isso é outra coisa que faço: me desafiar! 15 dias de foco total, 30 dias de foco total, 45 dias de foco total.

E hoje já se vão quase 7 meses, onde o açúcar, a farinha e o arroz não me fazem a menor falta. As recaidas são quase nulas! Já consigo programar um lanche quando acho ser pertinente, um churrasco ou um almoço um pouco mais calórico. Cheguei a ficar quase 2 meses sem nenhuma escapadinha. Não é fácil, mas é possível!

Forte Abraço e até a próxima, volto falando sobre a quebra da inércia com o início das caminhadas.

Até


Nandão Nunes

Para ler outros posts deste autor, clique em #NandãoNunes.


Faça como o Nandão Nunes. Compartilha sua história de superação para inspirar outros corredores. Escreva para nós: info@riorunningtour.com.br. E coloque no assunto: Tenho uma história de inspiração para compartilhar.

AJUDA E SUPORTE

FAQs

Termos e Condições Gerais

Classificação dos Roteiros

Fale com a gente!

 

COMO PAGAR

PagSeguro

PayPal

Transferência Bancária

COMUNIDADE

Member of the worldwide community

tripadvisor.png
strava.jpg

CADASTUR: 19.08483910001-9 | CNPJ: 26.795.819/0001-86 | Razão Social: Claudia Silva de Melo | Inscrição Municipal 1222388-9 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS