Tenho hérnia de disco, posso correr?


Por Leo Wilson

#LeoWilson



Esta é uma das perguntas que mais respondo em meu consultório e surpreendo-me com a quantidade de vezes que é feita. Mas alguns esclarecimentos são necessários antes de respondê-la.


A coluna vertebral é dividida em cervical, torácica, lombar, sacral, coccígea e possui 33 vértebras. Entre cada vértebra existe um disco intervertebral. O disco intervertebral é formado pelo núcleo pulposo, anel fibroso e pela placa terminal cartilaginosa.


O disco intervertebral tem a função de permitir o movimento entre os corpos vertebrais, suportar e transmitir cargas de um corpo vertebral para o outro e manter a união vertebral, agindo como um ligamento.


Mas o que é hérnia de disco?


Hérnia de disco é quando o núcleo pulposo extravasa pelo anel fibroso.


Podemos enumerar várias causas para que isso aconteça, como o envelhecimento natural, estilo de vida, traumas, entre outras, porém o importante é que nem sempre a hérnia de disco apresentará algum sintoma.


Pode haver compressão das raízes nervosas desses segmentos, apresentando diminuição de força, sensibilidade e reflexo que, identificado precocemente, pode ser resolvido com fisioterapia.



Os discos intervertebrais são nutridos pelo sangue, por isso uma alimentação saudável favorece à saúde da coluna vertebral. A cirurgia para hérnia de disco é indicada quando se há anestesia em sela, ciatalgia bilateral, fraqueza em pernas, retenção de urina e incontinência fecal.


Afinal, quem tem hérnia de disco, pode correr?


Respondendo a pergunta acima, sim, quem tem hérnia de disco pode correr! Alguns estudos, inclusive, afirmam que os discos intervertebrais de corredores de longas distâncias são maiores e mais hidratados.


A corrida é um esporte para o qual é necessário realizar treino específico, para que todos os benefícios sejam bem aproveitados. Por isso, antes de iniciar a corrida, precisa-se realizar uma avaliação fisioterapêutica objetiva e criteriosa com testes de força, sensibilidade e reflexos.


Existem também alguns testes neurodinâmicos que podem indicar alteração do disco, como teste de Jackson, manobra de Vassalva, SLR test, teste do nervo mediano, entre outros. Estando tudo ok, você estará pronto para correr.


Dr. Leo Wilson | Fisioterapeuta e Responsável Técnico do Cubiça Bem Estar & Saúde

Sobre o autor:


Sou Dr. Léo Wilson, Fisioterapeuta, Responsável Técnico do Cubiça Bem Estar & Saúde. Quero que você, corredor, desfrute o melhor da sua corrida sem dor. Precisando, pode entrar em contato através dos canais de midias sociais.


Whatsapp: +55 21 964 585 656


Facebook: @cubicaoficial


Email: leonardowilson@gmail.com

AJUDA E SUPORTE

FAQs

Termos e Condições Gerais

Classificação dos Roteiros

Fale com a gente!

 

COMO PAGAR

PagSeguro

PayPal

Transferência Bancária

COMUNIDADE

Member of the worldwide community

tripadvisor.png
strava.jpg

CADASTUR: 19.08483910001-9 | CNPJ: 26.795.819/0001-86 | Razão Social: Claudia Silva de Melo | Inscrição Municipal 1222388-9 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS